Cristianismo

A importância de tomar notas na igreja

9 de agosto de 2015

Leia em 5 minutos

caderno-lapisPor que vamos a igreja? Seríamos capazes de enumerar diversos motivos, mas talvez um dos principais seja aprender mais sobre Deus e Sua palavra. Por isso, uma prática que pode ser de bastante utilidade a nós cristãos é tomar notas acerca do que ouvimos. Esta parece ser uma prática que não tem sido cultivada pela maioria, mas que pode render muitos frutos para o crescimento espiritual nosso e de nossas famílias. Algumas vezes eu já quis anotar algo para não esquecer e não pude porque estava  sem uma caneta ou o celular. Confiar na memória não é a melhor opção.

Tomar notas pode fazer parte do seu planejamento semanal caso você tenha o hábito regular de ir a igreja. Essa regularidade lhe permite prever os momentos em que pode surgir a necessidade de anotar algo que você está ouvindo. Ora, nos planejamos para fazer anotações na escola, na faculdade e no trabalho, por que não poderíamos nos planejar para tomar notas durante um sermão ou uma discussão bíblica em um pequeno grupo?

Hoje temos disponível uma ferramenta portátil fenomenal que pode ser utilizada durante os cultos: smartphones. Dia desses, na igreja que frequento,  minha esposa me chamou a atenção para o fato de que em nosso banco havia umas 10 pessoas e quase todas estavam acompanhando a leitura da Bíblia em seus celulares, eu e ela inclusive. Os smartphones vieram para ficar, inclusive com recursos que podem ser aproveitados pelas congregações. Eu, particularmente, uso o aplicativo Evernote, mas você pode usar qualquer outro que seja de seu agrado. Para aqueles ainda apegados ao papel (ou porque não podem comprar um celular mais caro ou porque gostam do “toque” de uma folha), lembre-se sempre de carregar um lápis ou caneta e pequenos papéis dentro de sua Bíblia – planeje-se e torne isso um hábito. Bíblias maiores permitirão papéis maiores com mais espaços para anotar, ainda que eu ache que anotar mais do que uma folha de papel A5 em um sermão de 30 min é exagero. Um método interessante de  anotar é o chamado “Método Cornell”. Leia este texto bo blog Efetividade e conheça mais sobre ele (Como tomar notas com efetividade).

Uma vez que você decidiu no seu coração que vai criar esse hábito e a maneira que vai implementá-lo, fica a dúvida: o que você precisa anotar? As possibilidades são muitas e como regra geral sugiro que você anote “tudo que lhe chame atenção”. Contudo, acredito que algumas coisas não podem faltar: as passagens bíblicas que o pregador usar e as dúvidas ou perguntas que surjam na sua cabeça durante o sermão. O próprio pregador pode levantar algumas perguntas e deixá-las sem respostas. Certa vez, ao fim de um sermão que falava sobre sofrimento enfocando o Salmo 88, o pregador terminou questionando o seguinte: “Se Deus não poupa nem Seus filhos, nem Sua igreja, o que você acha que ele fará com aqueles que se afastam dEle e não se submetem a Sua vontade?”. Eis uma questão que você pode tomar nota e levar para casa e então depois, estudando a Bíblia, possa encontrar as respostas para esta questão. Outras coisas que você pode tomar nota são referências cruzadas ou passagens similares que você lembre durante o sermão.

O hábito de tomar notas durante as pregações que ouvimos na igreja pode ser extremamente útil para revisitar o tema em casa e reler as passagens abordadas, eventualmente para confirmar aquilo que o pregador disse ou captar novos insights – lembre-se do exemplo dos bereanos que recebiam a mensagem com “grande interesse” e examinavam todos os dias as Escrituras com o objetivo de “ver se tudo era assim mesmo” (Atos 17:11). Você pode inclusive estudar mais profundamente uma passagem ou o tema abordado durante o sermão (veja Leitura e estudo da Bíblia).

Além disso, as anotações que você fizer podem servir de insumo precioso tanto para conversar e instruir seus filhos quanto para alimentar com informações familiares que não puderam ir a igreja. Imagine se você tem um parente doente que não pode mais ter o privilégio de assistir a um culto na igreja. Como seria valioso se ele ou ela pudesse ter acesso ao conteúdo da pregação por meio de você. Outra razão poderia ser usar pensamentos que lhe ocorreram ou passagens bíblicas que lhe chamaram a atenção e que podem lhe ser útil em um momento de oração ou devoção individual em casa ou de discussão em um pequeno grupo.

Tomar notas quando estamos assistindo a uma aula ou em uma reunião de trabalho é fundamental para aprender e lembrar de compromissos. Muito mais valioso é anotar o que observamos durante nosso tempo na igreja: os ganhos podem ser eternos.

Imagem: Breaking Muscle

Veja também

Seja o primeiro a comentar

Comente aqui