Cristianismo

Breves comentários sobre o sofrimento

26 de junho de 2016

Leia em 2 minutos

“Por que esperar, se já não tenho forças? Por que prolongar a vida, se o meu fim é certo? Acaso, a minha força é a força da pedra? Ou é de bronze a minha carne? Não! Jamais haverá socorro para mim; foram afastados de mim os meus recursos.” Jó 6:11-13

Jó não tinha a mínima ideia do que estava acontecendo no céu. Não tinha visto como o Senhor o elogiara, tampouco os desafios lançados por Satanás. Ele está sofrendo e, na sua angústia, se queixa com Deus! Ele não blasfema, mas pede a morte.

4013939756_e194bba1e0_b

Quantas vezes vemos alguém em sofrimento e que está em tamanha angústia a ponto de lamentar, perguntar, questionar?

Podemos, precipitadamente, achar que o Senhor o abandonou. Talvez avaliemos que há falta de fé ou um pecado escondido. Talvez não seja nada disso!

Por vezes é Deus fazendo um de seus filhos passar pelo “Vale da sombra da morte” (Salmo 23:4) – como alguém disse em um igreja onde eu estava presente recentemente: “O pastor te leva a verdes pastos, a águas tranquilas e aí, ‘do nada’, você está no vale da sombra da morte. Quem te levou pra lá?” Leia o Salmo 23. Parece que foi o pastor, apesar de não haver indicação direta de que foi ele quem te levou para lá, também não há qualquer indicação de que a ovelha se afastou do pastor. A se pensar…

Talvez seja o Senhor nos passando em brasa para aperfeiçoar. Como não lembrar da conversa entre Cristo e Pedro em Lc 22:31-32.

“Simão, Simão, Satanás pediu vocês para peneirá-los como trigo. Mas eu orei por você, para que a sua fé não desfaleça. E quando você se converter, fortaleça os seus irmãos”. Lucas 22:31,32

Satanás pediu, atenção, PEDIU para peneirar os apóstolos, mas Jesus rogou para que a fé de Pedro não desfalecesse e assim ele pudesse fortalecer os outros. Ele não rogou para que a peneira não viesse, mas para que a fé fosse firme.

Que nossa fé não desfaleça.

Foto: B4bees

Veja também

Seja o primeiro a comentar

Comente aqui