Política

Monarquia Parlamentarista: menos corrupta, mais livre e democrática

11 de junho de 2017

Leia em 3 minutos

Em meio à crise brasileira, pergunta-se: quais caminhos poderiam ser trilhados para que nosso país pudesse sair da instabilidade frequente e, de maneira sustentável, seguir rumo a um futuro brilhante? O que encontramos aponta para a restauração da Monarquia no Brasil.

Rainha Elizabeth II (fev/1952) Colorizada. (Foto de Apic/Getty Images) Monarquia

Rainha Elizabeth II (1952)

Neste blog já defendi que deveríamos mudar nosso sistema político para o parlamentarismo. Resolvi também analisar outras variáveis: monarquia versus república e os níveis de corrupção, liberdade econômica e democracia.

Assim, listamos os países e os classificamos em monarquia parlamentarista, república parlamentarista, semipresidencialista e presidencialista. Coletamos os dados mais recentes disponíveis sobre a percepção de corrupção (segundo o ranking da Transparência Internacional – vai de 0 a 100), de liberdade econômica (segundo o ranking da Heritage Foundation – vai de 0 a 100) e de qualidade da democracia (segundo a The Economist – vai de 0 a 10). Excluímos da análise os países que não são democracias (pontuaram abaixo de 4 no índice da The Economist) ou países para os quais não encontramos dados disponíveis.

Os resultados

Em primeiro lugar os índices de correlação obtidos.

Correlação entre Liberdade e Corrupção 77,43%
Correlação entre Corrupção e Democracia 82,63%
Correlação entre Liberdade e Democracia 66,72%

Os resultados acima parecem indicar que países mais livres também são os menos corruptos e com uma democarcia de melhor qualidade. Correlação não é um teste de causa e efeito, mas há indícios que podem apontar para o fato de que esses fatores se influenciam mutuamente ou são influenciados por outras variáveis de maneira diretamente proporcional. Ou seja, aumentam juntos e diminuem juntos. Essa tendência também pode ser vista no gráfico abaixo, com os dados normalizados.

Corrupção, liberdade e democracia - dados normalizados

Os dados abaixo mostram as médias dos índices de corrupção, liberdade e democracia por tipo de governo.

Monarquias Parlamentaristas Corrupção
65,47
Liberdade
69,68
Qualidade Democrática
7,71
Repúblicas Parlamentaristas Corrupção
53,66
Liberdade
66,67
Qualidade Democrática
7,16
Repúblicas Semipresidencialistas Corrupção
42,65
Liberdade
59,02
Qualidade Democrática
6,28
Repúblicas Presidencialistas Corrupção
39,65
Liberdade
60,32
Qualidade Democrática
6,39

Perceba nos índices acima que, em média, monarquias parlamentaristas são menos corruptas, mais livres e mais democráticas que repúblicas. E dentre as repúblicas, as parlamentaristas são menos corruptas, mais livres e mais democráticas que as semipresidencialistas e presidencialistas. As repúblicas semipresidencialistas só ganham das presidencialistas, em média, no quesito corrupção, contudo em termos de liberdade e qualidade democrática, estão muito próximas.

Tentando responder a pergunta do primeiro parágrafo, talvez a origem de nossos problemas esteja em 1889: foi um péssimo negócio para a nação mandar D. Pedro II de volta para a Europa.

Que tal tazer a família real de volta? Que tal, pelo menos, reinstalar o parlamentarismo por aqui?

Imagem: Huffington Post

Veja também

Seja o primeiro a comentar

Comente aqui