Vida profissional

Resenha: A Tríade do Tempo, de Christian Barbosa

12 de novembro de 2017

Leia em 4 minutos

Capa Tríade do TempoEu gosto de manuais. Aqui neste blog já citei o livro Como ler Livros, que nada mais é que um manual sobre como aprimorar o hábito da leitura. Uso também o 12 maneiras de estudar a Bíblia sozinho, manual que uso com frequência e que melhorou em muito a forma como eu estudo a Bíblia. Hoje queria falar sobre o livro Tríade do Tempo, que também pode ser classificado como um manual sobre administração pessoal e gestão do tempo.

A estrutura do livro (manual!)

O livro se divide em duas partes, mas poderiam ser três. A primeira parte, que recebe o nome de “Um upgrade na gestão do tempo”, mostra a necessidade de mudanças pessoais. Nos quatro primeiros capítulos que a compõe, o autor, Christian Barbosa, lança conceitos que serão utilizados em todo o restante do livro. O mais importante deles está no terceiro capítulo: a tríade do tempo. Neste capítulo entendemos a diferença entre aquilo que é importante, o que é urgente e o que é circunstancial. Esferas que, segundo a metodologia, não são uma e a mesma coisa. De fato, é comum encontrar quem classifique como urgente coisas importantes – Christian faz diferente. Esse conceito, obviamente, permeia todo o livro e dever ser bem compreendido.

Enquanto a primeira parte é um exercício de convencimento e de conceituação fundamental, a segunda parte é mais prática e explica a metodologia. Ela poderia ser dividida em 2, compostas pelos capítulos 5 a 10 e, a terceira, pelos capítulos 11 a 13 (que poderia se chamar “A implementação”).

Sugestões e objetivos

Talvez após ler a Parte 1 e o capítulo 5 você devesse ler o capítulo 11: “Implantando a administração pessoal”. Nele você terá um passo a passo sobre como implantar na sua vida os passos que foram detalhados dos capítulos 6 a 10. Você pode querer evitar “sair fazendo”.

O capítulo que eu mais gostei foi o 6, “Identidade: quem sou eu realmente”. O exercício de autoconhecimento proposto pelo Christian é peça basilar para escolher e priorizar o que fazer, deixar de fazer, acrescentar e expurgar da vida.

Ao longo do livro (manual!) somos remetidos a conceitos de diversas áreas do conhecimento: administração, finanças, psicologia e informática. Isso deixa o livro mais interessante e torna a leitura mais leve. Aliás, o autor tem uma forma muito agradável de escrever.

O livro será de grande valia a quem ocupa funções de liderança e comando em organizações. Será útil também, adicionalmente, a quem precisa transitar entre diversos papéis (pai, filho, marido, profissional, etc). Acredito que será de grande auxílio a quem está sufocado de tarefas e compromissos bem como a quem (ainda) não está tão desorganizado na sua rotina pessoal. É bom já se prevenir contra isso. Como seria bom se conseguíssemos fazer mais em menos tempo! Poderíamos acrescentar outras metas importantes em nosso dia a dia, não?

Não há nada mais democrático no mundo que o tempo: todos temos 24h disponíveis todo o dia. Contudo, algumas pessoas parecem ter 32, outros apenas 16. Acho que o livro pode nos ajudar a fazer mais em menos tempo e ampliar “virtualmente” essas 24 horas para 28, 30, 32. Recomendo o livro (manual!).

Referência: Barbosa, Christian. A Tríade do Tempo. 2ª ed. Sextante, 2009.

Veja também

Seja o primeiro a comentar

Comente aqui